Sidney em 4 Pratos

SABORES
ROLAR PARA VER

Filé de barramundi selvagem, ervilhas vermelhas salpicadas, emulsão de miso com ervas, acompanhado por um Mount Mary sauvignon blanc de 2016: esta é apenas uma das deliciosas combinações australianas que o Bennelong, o restaurante da Sidney Opera House, dispõe ao seu deleite.

 

A Mount Mary é uma das melhores vinícolas da Oceania, que tem visto sua cultura ser cada vez mais reconhecida no palco global. Ela fica nos arredores de Melbourne, sudeste do país, mais especificamente na região do Vale do Yarra, de clima mais ameno, propício para o cultivo das uvas.

 

O barramundi, por sua vez, é considerado por muitos um dos peixes mais australianos de todos. Riquíssimo em ômega 3, era um peixe popular entre as tribos aborígenes do continente: na língua nativa, significa “peixe de água doce com grandes escamas”. Sua carne, firme e suculenta, possui um sabor mais denso, e conta ainda com um óleo exclusivo que mantém sua textura umedecida durante todo o cozimento.

Além de delicioso, o barramundi é uma excelente fonte de ômega 3.

 

Mas se o que você procura é carne vermelha australiana de excelência, uma boa opção é o Greek Spiced Lamb (ilustrado na capa), ou ‘cordeiro grego apimentado’, do restaurante Alpha; ele vem acompanhado de batata assada com orégano e com quebra de iogurte grego de limão.

 

Pode parecer estranho um prato grego ser tão australiano, mas isso tem uma explicação histórica: após a Segunda Guerra Mundial e até a década de 70, houve uma grande emigração de gregos rumo à Austrália, em busca de uma vida melhor do que a então destruída-pela-guerra Grécia podia oferecer.

 

Desde então eles começaram a ter uma grande influência na cultura australiana, em especial na culinária, abrindo restaurantes como o Alpha que combinam as técnicas de chefs gregos com as famosas carnes vermelhas australianas.

 

No geral a população de Sidney é bem diversa, e isso teve um impacto enriquecedor em sua cultura. Além da influência européia, é possível sentir ainda a proximidade com a Ásia e com suas tribos indígenas nativas.

 

Mas não se pode falar de cultura australiana sem falar sobre sua pecuária. A pecuária está entre as indústrias mais fortes do país, abastecendo os mercados internacionais com algumas das melhores peças bovinas do planeta. A Austrália é o terceiro maior exportador de carne de boi, atrás apenas da Índia e do Brasil, e também o terceiro maior consumidor – são mais de 110 kg de carne por ano, per capita.

 

É por isso que alguns dos mais saborosos pratos de Sidney envolvem, em grande parte, peças bovinas suculentas, sejam do país ou de fora. Entre os pratos com carnes importadas, um dos destaques certamente é o Chargrilled Wagyu Rump com Horseradish Cream, preparado pela Acre Eatery.

Acre Eatery em Sidney. Arejado e confortável, o restaurante é vizinho às hortas que o servem.

 

A ambiência na Acre Eatery reúne o melhor do campo no coração da cidade — o restaurante farm to table se encontra em uma comunidade de pequenos agricultores locais, em uma zona central de Sidney.

 

‘Horseradish Cream’ pode ser traduzido como molho de raiz forte; já “Wagyu Rump” significa alcatra de wagyu, um tipo de gado exclusivo do Japão – o país possui poucas terras disponíveis para a pecuária, que por isso prefere investir em um tipo de carne mais exclusivo. Na Acre Eatery, a alcatra do wagyu, que é naturalmente macia e cheia de sabor, é assada no carvão e contrastada com excelência pelo molho, de tons ácidos afiados.

 

Por fim, você também pode encontrar um prato mais leve, mas igualmente encantador, no Yellow. Há alguns anos o restaurante começou a experimentar com pratos cem por cento vegetarianos, à pedido dos próprios clientes. Eles adoraram tanto as novas opções do Yellow que o dono decidiu tirar toda a carne do menu. Nosso destaque vai para o cogumelo de tremela-gelatinosa com alga kelp, cacau e berinjela, mas você pode conferir o menu completo do restaurante neste link.

 

Sentiu a fome batendo na porta? Então que tal aproveitar as férias do meio do ano para conhecer a surpreendente culinária de Sidney? Entre em contato com a FredTour, faça sua viagem com o máximo de conforto e ganhe ainda amenidades exclusivas, cortesia da Rede Virtuoso. #VivaOExtraordinario

 

 

Gostou do texto? Confira também Berlim em 4 pratos e 1001 sabores de Chicago.

Compartilhe
TAGS
#Austrália  
#Bennelong  
#Filé de barramundi selvagem  
#Mount Mary  
#Mount Mary sauvignon blanc  
#Sabores do Mundo  
#Sidney  
#Sidney Opera House  
#Vale do Yarra  
SABORES

POSTS RELACIONADOS

Londres fora do óbvio: 4 locais para conhecer

Se o Ocidente tivesse que eleger uma capital, Londres certamente seria uma de suas principais candidatas. Com

Moscou em 4 pratos

Guerras, cavalos e baionetas; história, Bolshoi e poesia; tradição, drama e megalomania. No início do século XX a Rússia era um...

Destinos indispensáveis para enólogos e amantes de vinhos

Poucos sabem, mas as bases do vinho tem origens na China, em meados de 9000 antes de Cristo. Relatos e evidências h...