Antuérpia: a capital mundial dos diamantes, da moda e do design

DESCOBERTAS
ROLAR PARA VER

Os diamantes são com certeza os melhores amigos da Antuérpia. A segunda maior cidade da Bélgica é o maior polo mundial de lapidação das preciosidades e também é referência na moda e no design. Localizada na região de Flandres e bem perto da divisa com a Holanda, ela convida a ir descobrindo pouco a pouco as preciosidades que esconde.

 

A um rápido voo de distância do Reino Unido, a cidade também pode ser acessada por trem, o que proporciona a você uma chegada em grande estilo. Construída com mais de 20 tipos de mármores e colunas de variados estilos, a estação de trem local já foi eleita pela revista americana “Newsweek” a quarta mais bela do mundo. Com sua fachada neogótica, vasto salão principal e grandiosa cúpula, a elegância da apelidada “catedral dos trens” ou “templo de mármore” já vai te receber com as mais magníficas boas vindas.  

 

A cidade tem um ar cool, hipster e clássico ao mesmo tempo. Traz um mix perfeito entre o novo, o descolado e o tradicional, o que a torna ainda mais diferenciada. Um claro exemplo dessa mistura é o Port House, edifício icônico do porto local onde uma moderna construção de vidro, que lembra um diamante e reflete as tonalidades do céu, foi acoplada sob o antigo prédio. Outro grande atrativo é justamente o fato de a Antuérpia não ser o principal destino para quem visita a Bélgica. Assim, você pode ter sensações marcantes em um ambiente não muito cheio, sem ter que enfrentar filas estratosféricas e longas esperas.

Antuérpia é, desde o século XV, o polo do comércio de diamantes e cerca de 84% dos diamantes brutos de todo o mundo passam por lá. Não é a toa que ela é conhecida como a capital mundial das preciosidades, tendo ainda o Diamond Quarter, um distrito dedicado a eles, com diversas lojas e fábricas. Lá, você pode apreciar os brilhantes interiores e vitrines e ainda encontrar o diamante perfeito.

 

Em 2018 foi inaugurado o DIVA, Antwerp Home of Diamonds. O museu é recheado de luxuosos e extravagantes diamantes, jóias e utensílios de prata, onde você poderá ter uma experiência imersiva e interativa que explora diferentes aspectos desses objetos. Eles ganham vida com suas fascinantes histórias e trajetórias, que envolvem seu consumo e toda a destreza de sua produção. Uma das partes do museu ainda é dedicado às “diamond divas”, como a Rainha Victoria e claro, Marilyn Monroe. É um verdadeiro lar dos diamantes, onde reinam toda a sua exuberância e glamour.  

 

Os ares da cidade também exalam arte e design. São diversos museus, galerias e impactantes construções, modernas e medievais, e você provavelmente irá se deparar constantemente com o nome Peter Paul Rubens, um famoso pintor barroco que ali residiu. A arte contemporânea também é destaque, principalmente por abrigar uma das melhores galerias de arte moderna da Bélgica, o M HKA, Museum of Contemporary Art da Antuérpia. O MAS, Museum Aan Stroom é outra preciosidade. Instalado em uma moderna e curiosa construção às margens do Rio Escalda, sua coleção é composta por mais de 500.000 peças e o seu terraço ainda é palco de uma vista deslumbrante de toda a cidade, do porto e do rio. E tem mais: após admirar as obras, a arquitetura e as vistas que o MAS oferece, você ainda pode finalizar o passeio com um delicioso jantar no ‘t Zilte, restaurante dono de duas estrelas Michelin e que também reside no terraço da construção.

Outro contraste em relação ao pequeno tamanho da cidade é a magnitude do cenário da moda local. São diversas lojas para todos os gostos e estilos, e “Meir” é a principal rua para se jogar nas compras. A força da moda dali vem desde o século XV, com o seu potencial comércio e atividade de tingimento de roupas. E para agregar ainda mais, na década de 80 a cidade ainda foi o berço do The Antwerp Six, um importante grupo de designers de moda que surgiu na local Royal Academy of Fine Arts e revolucionou diversos paradigmas, inaugurando uma estética inédita nas passarelas de todo o mundo.  

 

Para sentir na pele ainda mais o DNA e o universo da moda local, é imprescindível visitar o MoMu, ModeMuseum, que abriga uma das maiores coleções da moda moderna da Bélgica. As exibições destacam-se por seu caráter imersivo, onde você poderá realmente mergulhar no mundo dos designers e dos temas. O espaço utilizado ainda é completamente transformado para cada exposição, tornando cada visita uma experiência única.

 

QUANDO IR?

 

O clima mais agradável e as paisagens mais coloridas residem na primavera, que vai de abril a junho. Se você está buscando por mais agito, o período ideal é de julho a setembro, quando a cidade fica tomada por festivais. O outono, que se estende de setembro a novembro, é chuvoso e traz as esperadas paisagens alaranjadas. O inverno é bastante rigoroso e vale bastante para as compras de natal.

 

Independente de qual época você escolher, com certeza a sua ida à Antuérpia será única e valiosa. E lá você poderá comprovar por si mesmo que não apenas de chocolates e cerveja é feita a Bélgica.

 

A Rede Virtuoso oferece diversos tours pela região, o que tornará a sua experiência ainda mais magnifica e luxuosa. Fale com a FredTour, descubra os tesouros dessa preciosidade belga e #VivaOExtraordinario.

Compartilhe
TAGS
#Antuérpia  
#Bahia  
#Bélgica  
#catedral dos trens  
#clássico  
#cool  
#descobertas  
#Flandres  
#galerias de arte  
#hipster  
#Holanda  
#lugares inusitados  
#templo de mármore  
DESCOBERTAS

POSTS RELACIONADOS

3 destinos para relaxar em alto luxo

O cuidado com o corpo é extremamente importante. Com a...

Arte e música nas montanhas da Áustria

O contraste entre o pequeno território da Áustria e suas grandes atrações é impressionante. Com ...

3 destinos off-the-map: explore o inusitado

A busca por locais remotos, exclusivos e “fora do clichê” vem crescendo cada vez mais. Mas não ...